imprensa-oeste-carnaval

Carnaval – Boa alimentação, boa curtição

Cuidar da alimentação nos dias do carnaval é essencial para que a festa seja bem aproveitada. Optar por refeições leves, que reponham a energia mental e dos músculos, e consumir bebidas naturais, água de coco e água mineral, são algumas das dicas que a nutricionista professora da Unopar, Aline Roque, compartilha com os foliões. “Evitar sucos industrializadas, riquíssimos em açúcar e conservantes, e os refrigerantes. Em caso de transpiração excessiva, ocorre perda de minerais”, explica. De acordo com a especialista, a sede é um sinal de que o corpo está começando a se desidratar. E o mais apropriado nessa época é o consumo de 4 a 5 copos a mais de água aos habituais oito por dia. Além dos cuidados com a ingestão de líquidos, um alimento de alto valor nutritivo indicado é a quinoa, que contém aminoácidos importantes para o processo de desintoxicação. “O grão pode ser consumido antes, durante e após o carnaval para que o indivíduo reponha vitaminas e minerais perdidos com o suadouro”, complementa.

Para a profissional, o ideal é se alimentar antes de sair de casa e evitar alimentos com alto teor de gordura, comercializados na rua, pois retardam o processo de digestão. “Alimentos como maionese, requeijão, frituras e doces calóricos poderão favorecer a indisposição e aumentar o cansaço durante os dias de folia. Outras comidas que devem ser evitadas nesse período são os alimentos flatulentos, ou seja, que provocam a formação de gases, cólicas e desconforto intestinal, como couve, brócolis, couve flor, milho, abacate”, informa. “O ideal é fazer uma refeição baseada em frutas, que contém substâncias antioxidantes, massas com molhos à base de tomate fresco, pães integrais e cerais, já que são responsáveis pelo fornecimento de energia, e possuem vitaminas do complexo B e fibras, que contribuem para aumentar a disposição.”

A nutricionista explica que guaraná em pó, açaí, cereais integrais, levedo de cerveja, mel e sementes oleaginosas são estimulantes que auxiliam no período carnavalesco, pois contém as vitaminas necessárias para aumentar a disposição. Para aguentar o pique, o ideal é que se faça a ingestão de alimentos a cada três horas, para evitar a queda de glicose no sangue e, consequentemente, a falta de energia para o organismo.

Dieta da folia

A professora da Unopar sugere uma opção de cardápio leve e nutritivo para curtir o feriado:

Café da manhã: pão integral com queijo tipo cottage ou minas frescal light  e atum + 1 copo de suco natural ou salada de frutas com iogurte natural desnatado e aveia + torradas integrais ou pão integral + 1 suco natural ou leite desnatado batido com fruta e aveia em flocos + cookies integrais.

Almoço e jantar: macarrão ao sugo + bife grelhado + salada de folhas verdes ou batata assada + peixe grelhado + salada  de folhas + legumes cozidos ou arroz integral + frango cozido ou grelhado + salada de folhas e legumes cozidos.

Intervalos: barra de cereal, biscoitos (preferência por integrais, tipo cookies), frutas frescas ou secas  ou sucos naturais (de preferência sem adição de açúcar, quando possível).

Suco energético (para antes da folia)

– 200 ml suco de laranja – 1/3 de cenoura picada – 1 polpa de açaí congelada – 1 colher (chá) de guaraná em pó.

Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e consumir imediatamente.

Vitamina energética

– 1 banana média picadas – 1 polpa congelada de açaí – 1 colher (sopa) de aveia ou quinoa – 1 colher (chá) de semente de linhaça – 1 colher (café) de guaraná em pó (opcional) – 1 copo (200 ml) de leite desnatado

Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e consumir imediatamente.

Pós-carnaval

Aline recomenda que, após o período do carnaval, o folião procure recuperar os nutrientes perdidos no suor por meio do consumo adequado de frutas, verduras e legumes, alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibras. “Preferência por alimentos integrais para a desintoxicação, tais como arroz integral, hambúrguer grelhado de quinoa, quibe e leguminosas (ervilha, lentilha e grão de bico). Um suco muito interessante a ser consumido no pós-carnaval é o suco de uva orgânico, que contêm antioxidantes, repõe vitaminas e minerais necessários para combater o desgaste físico. A quinoa pode ser consumida na forma de tabules e saladas, contribuindo para o processo de desintoxicação”, explica. Um dos alimentos indicados nessa fase de pós-carnaval é o limão. “Ele é rico em vitamina C, que é um antioxidante”, ressalta a nutricionista. Além dele, a laranja, acerola, kiwi, manga e tomate são aliados na dieta. “Uma opção é fazer o suco de couve com suco de limão, que auxiliará o processo de detoxificação e o trabalho do fígado. Outro alimento é a castanha do Pará (1 unidade/dia), rica em selênio, que pode ser consumida sozinha ou batida em sucos.”

Suco para durante e depois da folia

– 2 xícaras (chá) melancia picada – 1 maçã pequena com casca, picada (bem lavada) – 200 ml de água-de-coco gelada

Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e consumir imediatamente.

Para curar a ressaca, a nutricionista da Unopar divulga uma receita especial, que promete deixar o folião pronto para outra.

Suchá para combater a ressaca

– 2 fatias de abacaxi – 2 colheres (chá) de hortelã picada

– 5 folhas de boldo ou 1 saquinho de chá – 1 colher (chá) semente de linhaça triturada – 150 ml de água de coco ou mineral – gelo

Ferva a água, apague o fogo e acrescente o boldo tampando em seguida. Deixe por 10 minutos. Retire as folhas e espere esfriar um pouco. Ponha os outros ingredientes no liquidificador, acrescente o chá e bata bem. Se preferir, pode coar.


Post Author: Redacão